Oct 27, 2021 Última Atualização em: 5:32 PM, Oct 22, 2021

O que fazer depois de sofrer um golpe financeiro

O que fazer depois de sofrer um golpe financeiro Cart√£o foto criado por pressfoto - br.freepik.com
Publicado em Notícias de 2021
Lido 258 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Com o uso mais intenso dos meios digitais para a realização de atividades cotidianas devido ao isolamento social, criminosos se aproveitam do maior tempo online das pessoas para tentar aplicar golpes. Um levantamento da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) revela que no período de quarentena houve um aumento de 60% em tentativas de golpes financeiros contra idosos.

Infelizmente a categoria de aposentados, pensionistas e idosos é alvo constante de golpes que visam tirar proveito financeiro. Apesar de diversos conteúdos alertando sobre os crimes e das dicas sobre como se prevenir, está cada vez mais difícil perceber a atuação dos golpistas, devido à sofisticação dos meios utilizados nas ações pelos criminosos.

Por esse motivo devemos saber como agir diante de um golpe. Existem medidas que, quando adotadas rapidamente, podem minimizar ou até impedir os danos. Abaixo destacamos 3 ações a serem adotadas em caso de golpe financeiro.

1. Cancele os cartões

Os cartões de crédito e débito estão entre os objetos mais visados por criminosos quando o objetivo é aplicar golpes financeiros. Alguns exemplos de fraudes são a clonagem e a descoberta da senha usando maneiras ilegais.

Se você teve o seu cartão furtado, notou na fatura compras que não foram feitas por você ou passou por qualquer situação que indique que seus dados podem ter sido roubados, a primeira medida a se adotar é solicitar o cancelamento do cartão.

Hoje, essa solicitação pode ser feita por telefone, na central do emissor do cartão, ou até mesmo via aplicativo móvel. O mais importante é que a situação seja rapidamente comunicada para que prejuízos maiores não ocorram.

2. Boletim de ocorrência

Outra ação indispensável a se adotar caso você seja alvo de um golpe financeiro é registrar um boletim de ocorrência junto à polícia. Esse registro é essencial, pois serve como comprovação do fato posteriormente e pode ser necessário para solicitar uma nova via do cartão, isentar você de responsabilidade por compras e outras despesas feitas em seu nome após o golpe.

A Polícia Civil disponibiliza um número de WhatsApp para o envio de denúncias e informações sobre suspeitos de aplicar golpes: (51) 9.8444-0606

O registro da ocorrência também pode ser feito por meio da Delegacia Online:

https://www.delegaciaonline.rs.gov.br/

Outros Canais: Disque Denúncia – 181                       Disque Direitos Humanos – 100

3. Acionar a justiça

Por se tratar de um fato que constitui crime, enquanto cidadão, é seu direto buscar a responsabilização do autor do golpe. Para isso, é preciso acionar a justiça. No entanto, como nem sempre se sabe quem praticou o golpe, é importante que os órgãos policiais atuem na investigação.

Por isso, caso seja alvo de qualquer fraude financeira, é necessário também comunicar o fato à polícia. É a partir dessa comunicação que as investigações vão começar, os autores poderão ser identificados e, posteriormente, processados criminalmente, se for o caso.

Você pode acionar a justiça através de um advogado particular, pelo Procon da sua região ou Defensoria Pública.

DICAS DE COMO SE PROTEGER

- Não guarde senhas junto do cartão

- Ao realizar pagamentos não perca seu cartão de vista

- Não forneça seus dados

- Se receber ligação dizendo que o cartão foi clonado, desligue e ligue para o número de telefone que está no cartão para tirar a limpo a história

- Verifique seu extrato constantemente

- Não deixe salvo os dados do cartão de crédito em sites de compras

- O banco não manda alguém para a casa do cliente para retirar o cartão

- Recebeu um SMS ou e-mail do banco com um link? Apague e ligue para o seu gerente

- Quando for destruir um cartão, corte o chip ao meio. Mesmo com o plástico cortado, é possível fazer transações se o chip estiver intacto.

Fonte: FEBRABAN – Federação Brasileira de Banco

Última modificação em Terça, 17 Agosto 2021 13:03
Karine Moraes

Fundada em 24/01/1984, é uma associação de direito privado, representativa e orientadora, com fins não econômicos e congrega entidades representativas de aposentados, pensionistas e idosos, quaisquer que sejam as suas origens profissionais, tendo como foro, sede e administração a cidade de Porto Alegre – RS, com jurisdição em todo o território do Estado do Rio Grande do Sul...

Deixe um coment√°rio

Os campos com (*) são de preenchimento obrigatório.

Leia Também

COBAP retoma eventos presenciais com o XXVI CNAPI em Aracaj√ļ (SE)

COBAP retoma eventos presenciais co…

22 Out 2021 Notícias de 2021

Comprovante de vacinação da COVID-19 será obrigatório em atividades de alto risco

Comprovante de vacina√ß√£o da COVID-1…

14 Out 2021 Notícias de 2021

Prova de Vida do INSS continua suspensa até fim do ano

Prova de Vida do INSS continua susp…

30 Set 2021 Notícias de 2021

Comiss√£o aprova 14¬ļ dos aposentados. Projeto segue em tramita√ß√£o.

Comiss√£o aprova 14¬ļ dos aposentados…

28 Set 2021 Notícias de 2021

Entidades ga√ļchas participam do lan√ßamento do Plano de Benef√≠cios COBAP na FETAPERGS

Entidades ga√ļchas participam do lan…

19 Ago 2021 Notícias de 2021