Apr 07, 2020 Última Atualização em: 12:25 PM, Apr 2, 2020

Fator Previdenciário mobiliza trabalhador

Categoria: Notícias de 2013
Acessos: 1120 times

Fator Previdenciário mobiliza trabalhador

Manifestantes pedem ao governo mudanças nas regras de aposentadoria

Cerca de 300 pessoas estiveram reunidas para protestar contra o Fator Previdenciário em frente ao prédio do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), próximo ao Mercado Público, em Porto Alegre. O movimento é uma iniciativa das centrais dos trabalhadores (CUT, Força Sindical, CTB, CGTB, UGT e Nova Central) que pedem ao governo federal que reveja as regras para a aposentadoria.

Segundo as centrais, o governo ficou de apresentar alguma alternativa no prazo de 60 dias após a reunião com a equipe econômica. “Havia o compromisso do governo de trazer uma proposta para o fim do Fator Previdenciário, o que não aconteceu. Isso é um mal que afeta o salário do trabalhador que se aposenta com perdas de 30% a 50%”, lembrou o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras Brasileiros no Rio Grande do Sul (CTB/RS), Guiomar Vidor.

Fator Previdenciário mobiliza trabalhador

Manifestantes pedem ao governo mudanças nas regras de aposentadoria

Cerca de 300 pessoas estiveram reunidas para protestar contra o Fator Previdenciário em frente ao prédio do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), próximo ao Mercado Público, em Porto Alegre. O movimento é uma iniciativa das centrais dos trabalhadores (CUT, Força Sindical, CTB, CGTB, UGT e Nova Central) que pedem ao governo federal que reveja as regras para a aposentadoria.

Segundo as centrais, o governo ficou de apresentar alguma alternativa no prazo de 60 dias após a reunião com a equipe econômica. “Havia o compromisso do governo de trazer uma proposta para o fim do Fator Previdenciário, o que não aconteceu. Isso é um mal que afeta o salário do trabalhador que se aposenta com perdas de 30% a 50%”, lembrou o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras Brasileiros no Rio Grande do Sul (CTB/RS), Guiomar Vidor.

Ainda faltam alguns pontos a serem buscados, conforme reclamam as centrais sindicais. “Tivemos avanços no salário-mínimo, por exemplo, mas quem não está nesta faixa não consegue ganhos reais”, comentou.

O diretor da Força Sindical, Cláudio Correa, destacou que o Fator Previdenciário existente é para quem começou a trabalhar agora, e não para quem está se aposentando.

“Mudaram o Fator Previdenciário porque as pessoas estão vivendo mais e se aposentando mais cedo. Mas o que não está dito é que as pessoas que se aposentam agora começaram a trabalhar com 14 anos, porque era permitido, e não com 18 anos”, acrescentou Correa.

Fonte: Jornal Correio do Povo de 13/11/2013


Leia Também

Recomendações da Secretaria Estadual da Saúde para os idosos

Recomendações da Secretaria Estadua…

02 Abr 2020 Notícias de 2020

Recomendações da Secretaria Estadua…

02 Abr 2020 Notícias de 2020

Junto a OAB/RS, Federação busca antecipação de precatórios

Junto a OAB/RS, Federação busca ant…

27 Mar 2020 Notícias de 2020

Federação orienta entidades filiadas sobre a prevenção ao novo coronavírus

Federação orienta entidades filiada…

25 Mar 2020 Notícias de 2020

INSS irá liberar auxílio-doença para beneficiário sem a necessidade de perícia

INSS irá liberar auxílio-doença par…

20 Mar 2020 Notícias de 2020