Apr 07, 2020 Última Atualização em: 12:25 PM, Apr 2, 2020
Márcio Nunes

Márcio Nunes

A Seção de Saúde do Idoso ligada a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul divulgou uma série de orientações específicas para o público idoso, categoria de risco do novo coronavírus (covid-19).

Entre as recomendações da pasta para a terceira idade, está a adoção de medidas para restringir o contato social, ou seja, é importante para os idosos se manterem em casa e só saírem em casos de extrema necessidade. Além disso, também ajuda evitar aglomerações, reuniões, participação em festas, cultos, missas e viagens e se privar do contato com pessoas que retornaram recentemente de viagens e com menores de 12 anos de idade. 

Para idosos em condição de vulnerabilidade, o isolamento total não deve ser feito, porém é importante intensificar condutas de diminuição de risco para o contágio pelo Covid-19 e deve-se priorizar o contato telefônico e/ou eletrônico, quando possível. 

Caso a pessoa idosa apresente coriza, tosse e dor de garganta que lhe cause incômodo, além de febre (para os de idade entre 60 e 79 anos), é recomendado procurar uma unidade básica de saúde. É importante procurar uma emergência hospitalar ou unidade de pronto atendimento quando apresentar febre (para os de idade de 80 anos ou mais), falta de ar, sensação de cansaço para esforços de rotina ou sensação de fraqueza grave, confusão mental ou alteração comportamental, sede excessiva e dor abdominal, principalmente do lado direito.

Outra recomendação da Secretaria Estadual de Saúde é evitar a automedicação, não utilizar antibióticos, vitamina C e corticoide sem conhecimento do médico. Além disso, segundo orientações da pasta, usuários de medicamentos para tratamento da hipertensão devem ser utilizados normalmente conforme prescrição médica. 

Para mais informações e recomendações, os telefones disponibilizados são o 136 (Ministério da Saúde), o 150 (Secretaria Estadual de Saúde) e o 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU).

A Seção de Saúde do Idoso ligada a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul divulgou uma série de orientações específicas para o público idoso, categoria de risco do novo coronavírus (covid-19).

Entre as recomendações da pasta para a terceira idade, está a adoção de medidas para restringir o contato social, ou seja, é importante para os idosos se manterem em casa e só saírem em casos de extrema necessidade. Além disso, também ajuda evitar aglomerações, reuniões, participação em festas, cultos, missas e viagens e se privar do contato com pessoas que retornaram recentemente de viagens e com menores de 12 anos de idade. 

Para idosos em condição de vulnerabilidade, o isolamento total não deve ser feito, porém é importante intensificar condutas de diminuição de risco para o contágio pelo Covid-19 e deve-se priorizar o contato telefônico e/ou eletrônico, quando possível. 

Caso a pessoa idosa apresente coriza, tosse e dor de garganta que lhe cause incômodo, além de febre (para os de idade entre 60 e 79 anos), é recomendado procurar uma unidade básica de saúde. É importante procurar uma emergência hospitalar ou unidade de pronto atendimento quando apresentar febre (para os de idade de 80 anos ou mais), falta de ar, sensação de cansaço para esforços de rotina ou sensação de fraqueza grave, confusão mental ou alteração comportamental, sede excessiva e dor abdominal, principalmente do lado direito.

Outra recomendação da Secretaria Estadual de Saúde é evitar a automedicação, não utilizar antibióticos, vitamina C e corticoide sem conhecimento do médico. Além disso, segundo orientações da pasta, usuários de medicamentos para tratamento da hipertensão devem ser utilizados normalmente conforme prescrição médica. 

Para mais informações e recomendações, os telefones disponibilizados são o 136 (Ministério da Saúde), o 150 (Secretaria Estadual de Saúde) e o 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU).

O novo coronavírus está causando fortes impactos no mundo inteiro e entre as categorias mais vulneráveis à transmissão do vírus estão os idosos. Ao pensar nisso, a Federação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas do Estado do RS (FETAPERGS) se junta a seccional do Rio Grande do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RS) no pedido da antecipação dos precatórios alimentares a aposentados e pensionistas.

"O aposentado e pensionista que ganha um processo na Justiça, e a quantia não é considerada de baixo valor, o governo não paga direto e assim ocorre uma programação no orçamento para pagamento no ano posterior" explica o advogado Tiago Kidricki, especialista em Direito Previdenciário e presidente da Comissão de Seguridade Social da OAB/RS. "É como se o governo desse um cheque para a pessoa descontar no ano seguinte" afirma Kidricki.

Os documentos elaborados pela FETAPERGS serão direcionados ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, Ministério da Economia e Conselho Nacional de Justiça. No ofício, destaca-se que a verba destinada aos pagamentos dos precatórios já está prevista no Orçamento de 2020, porém com pagamento previsto em novembro do corrente ano. "Logo, a medida de antecipação é similar a do 13º [salário], não ocasionando nenhum custo extra ao já esperado para ano" afirma o documento.

No entanto, segundo o ofício elaborado pela entidade, a ação é importante para movimentar a economia ao estimular o consumo dos beneficiários em momento de crise ao socorrer também de forma indireta as empresas e a sociedade.

É de conhecimento público de que uma das categorias de risco ao novo coronavírus (covid-19) é o público idoso. Ao pensar nisso, a FETAPERGS, que trabalha principalmente com as pessoas idosas, buscou orientar as associações filiadas sobre os procedimentos para conter a proliferação da doença.

A Federação se reuniu em 16 de março com a Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul e com outras entidades para discutir ações para a prevenir a circulação da doença entre o público idoso. O vice-presidente do Conselho Estadual da Saúde (CES) e representante da Federação no colegiado Itamar Santos e o presidente da FETAPERGS Léo Altmayer estiveram no encontro.

As medidas enviadas para as entidades filiadas seguiram as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul. Entre as ações, enviada por ofício em 18 de março, está a recomendação para suspender reuniões, festas e todo tipo de evento organizado pelas associações para evitar a aglomeração de pessoas. Além disso, orientou-se a suspensão do atendimento presencial e que as lideranças das entidades cobrem das autoridades sanitárias do município o Plano de Contingenciamento Municipal para o novo coronavírus.

Além disso, a FETAPERGS, com sede em Porto Alegre, também cumpriu as orientações da prefeitura da capital sobre o atendimento e aglomeração de pessoas e suspendeu o seu atendimento presencial até receber novas informações sobre como proceder. "A nossa prioridade é a saúde das pessoas, principalmente dos idosos que vinham diariamente até a sede da entidade, por isso a atitude é correta e oportuna" afirmou o presidente da Federação Léo Altmayer.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) irá liberar o auxílio-doença para os segurados sem que seja feita a perícia médica em postos do órgão. A decisão vale para qualquer doença, incluindo coronavírus. O anúncio foi feito nessa quinta-feira (19) pelo secretário especial de Previdência Bruno Bianco.

O objetivo da ação é conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com o secretário, a análise será feita de forma remota, apenas com o atestado médico do trabalhador doente. Os atestados do segurado devem ser enviados por meio do aplicativo Meu INSS.

Acesse o Meu INSS através deste link para ter acesso ao envio remoto de documentos e a outros benefícios do instituto. 

Leia Também

Recomendações da Secretaria Estadual da Saúde para os idosos

Recomendações da Secretaria Estadua…

02 Abr 2020 Notícias de 2020

Recomendações da Secretaria Estadua…

02 Abr 2020 Notícias de 2020

Junto a OAB/RS, Federação busca antecipação de precatórios

Junto a OAB/RS, Federação busca ant…

27 Mar 2020 Notícias de 2020

Federação orienta entidades filiadas sobre a prevenção ao novo coronavírus

Federação orienta entidades filiada…

25 Mar 2020 Notícias de 2020

INSS irá liberar auxílio-doença para beneficiário sem a necessidade de perícia

INSS irá liberar auxílio-doença par…

20 Mar 2020 Notícias de 2020