Jun 02, 2020 Última Atualização em: 2:39 PM, May 29, 2020
Blog
Karine Moraes

Karine Moraes

Fundada em 24/01/1984, é uma associação de direito privado, representativa e orientadora, com fins não econômicos e congrega entidades representativas de aposentados, pensionistas e idosos, quaisquer que sejam as suas origens profissionais, tendo como foro, sede e administração a cidade de Porto Alegre – RS, com jurisdição em todo o território do Estado do Rio Grande do Sul...

A CEPS irá visitar os 31 deputados estaduais do RS e os 3 senadores

O Presidente da Comissão Especial de Previdência Social, Alexandre Triches, e o Vice-Presidente, Tiago Kidricki, foram recebidos hoje à tarde pelo Deputado Alceu Moreira (PMDB), relator da PEC 287/2016 na CCJ da Câmara.

No encontro, os advogados apresentaram os posicionamentos da OAB Nacional e da Seccional do RS, através da carta aberta do Conselho Federal e da nota pública da OAB/RS, explanando os motivos da contrariedade ao texto proposto.

A visita faz parte do projeto da CEPS de visitação aos 31 deputados estaduais do RS e dos 3 senadores, buscando a sensibilização dos representantes da sociedade no Congresso Nacional, acerca dos problemas que virão se for aprovado o projeto.

COBAP e Federações planejam estratégias contra a PEC 287/2016

O presidente da FETAPERGS, José Pedro Kuhn participou de reunião com a diretoria da COBAP e presidentes das Federações, nos dias 2 e 3 de fevereiro na sede em São Paulo, para debater a PEC 287/2016 que trata da Reforma da Previdência, todos se posicionaram contra ESTA proposta que só tira direito, acaba com a aposentadoria e fragiliza a seguridade social.

Devemos focar principalmente nos três itens abaixo:

- Propostas e alterações defendidas pela COBAP, Federações, Entidades de Base e CNAPI para a PEC 287/2016 proposta pelo Governo, onde nos posicionamos contra a reforma da Previdência, mas caso ocorra, que seja com as alterações e proposições apresentadas no documento abaixo para que não prejudique os trabalhadores e aposentados;

 - Recriação do Ministério da Previdência;

- Criar a CPI da Previdência.

Estratégias:

- Unir as Forças Sociais;

- Atos Públicos;

- Visitas aos congressistas onde estiverem para entregar dossiê;

- Denunciar os que aprovarem o desmonte da Previdência Social.

Acreditamos em Reforma quando há melhorias e avanços, portanto, queremos diálogo democrático e transparente com as bases, os verdadeiros atingidos e interessados. Merecemos respeito.

Clique aqui para ler o documento

OAB e entidades divulgam carta aberta sobre a Reforma da Previdência

Documento conta com a colaboração da Fetapergs    

Brasília – Foi divulgada a carta elaborada pelas entidades da sociedade civil que se reuniram na sede da OAB Nacional, nesta quarta-feira (31), para debater e consolidar um conjunto de propostas à reforma da Previdência Social anunciada pelo governo federal na PEC 287. Participaram, além das comissões de Direito Previdenciário da OAB Nacional e das Seccionais, dezenas de entidades representantes de setores da sociedade civil e também parlamentares.                                     

Leia a Carta abaixo:

CARTA ABERTA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

(PEC 287/2016)

As entidades abaixo nominadas, reunidas no Conselho Federal da OAB em 31 de janeiro de 2017, manifestam preocupação com relação ao texto da proposta de Reforma da Previdência (PEC 287/2016), tendo em vista que ela está fundamentada em premissas equivocadas e contem inúmeros abusos contra os direitos sociais.

A PEC 287/2016 tem sido apresentada pelo governo sob discurso de catástrofe financeira e “déficit”, que não existem, evidenciando-se grave descumprimento aos artigos 194 e 195 da Constituição Federal, que insere a Previdência no sistema de Seguridade Social, juntamente com as áreas da Saúde e Assistência Social, sistema que tem sido, ao longo dos anos, altamente superavitário em dezenas de bilhões de reais.

O superávit da Seguridade Social tem sido tão elevado que anualmente são desvinculados recursos por meio do mecanismo da DRU (Desvinculação de Receitas da União), majorada para 30% em 2016. Tais recursos são retirados da Seguridade Social e destinados para outros fins, especialmente para o pagamento de juros da dívida pública, que nunca foi auditada, como manda a Constituição.

Diante disso, antes de pressionar pela aprovação da PEC 287/2016, utilizando-se de onerosa campanha de mídia para levar informações questionáveis à população, exigimos que o Governo Federal divulgue com ampla transparência as receitas da Seguridade Social, computando todas as fontes de financiamento previstas no artigo 195 da Constituição Federal, mostrando ainda o impacto anual da DRU, as renúncias fiscais que têm sido concedidas, a desoneração da folha de salários e os créditos tributários previdenciários que não estão sendo cobrados.

A proposta de reforma apresentada pelo governo desfigura o sistema da previdência social conquistado ao longo dos anos e dificulta o acesso a aposentadoria e demais benefícios à população brasileira que contribuiu durante toda a sua vida.

Dentre os abusos previstos na PEC 287/2016 destacamos os seguintes:

1) Exigência de idade mínima para aposentadoria a partir dos 65 (sessenta e cinco) anos para homens e mulheres;

2) 49 (quarenta e nove) anos de tempo de contribuição para ter acesso à aposentadoria integral;

3) Redução do valor geral das aposentadorias;

4) Precarização da aposentadoria do trabalhador rural; 

5) Pensão por morte e benefícios assistenciais em valor abaixo de um salário mínimo;

6) Exclui as regras de transição vigentes;

7) Impede a cumulação de aposentadoria e pensão por morte;

8) Elevação da idade para o recebimento do benefício assistencial (LOAS) para 70 anos de idade;

9) Regras inalcançáveis para a aposentadoria dos trabalhadores expostos a agentes insalubres;

10) Fim da aposentadoria dos professores.

Além disso, a reforma da previdência prejudicará diretamente a economia dos municípios, uma vez que a grande maioria sobrevive dos benefícios da previdência social, que superam o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Diante disso, exigimos a suspensão da tramitação da PEC 287/2016 no Congresso Nacional até que se discuta democraticamente com a sociedade, de forma ampla, mediante a realização de audiências públicas que possibilitem a análise de estudos econômicos, atuariais e demográficos completos, a fim de que se dê a devida transparência aos dados da Seguridade Social.

É necessário garantir a participação da sociedade no sentido de construir alternativas que venham melhorar o sistema de Seguridade Social e ampliar a sua abrangência, impedindo o retrocesso de direitos sociais.

Brasília, 31 de janeiro de 2017.

Conselho Federal da OAB - CFOAB

Conselho Federal de Economia - COFECON

Comissão de Direito Previdenciário - OAB/PR

Comissão de Direito Previdenciário-OAB/SC

Comissão da Previdência Social - OAB/RJ

Comissão de Previdência Complementar- OAB/DF

Comissão de Direito Previdenciário OAB/MA

Comissão de Seguridade Social - OAB/DF

Comissão de Direito Previdenciário - OAB/SP

Comissão de Direito Previdenciário - OAB/ES

Comissão de Direito de Seguridade Social - OAB/PE

Comissão de Direito Previdenciário - OAB/MG

Comissão de Direito Previdenciário e Securitário - OAB/GO

Comissão de Estudos e Atuação Previdenciária OA/AL

Comissão Especial de Direito Previdenciário - OAB/BA

Comissão de Direito Previdenciário OAB/PB

Comissão de Direito Previdenciário e Assistência Social OAB/CE

Comissão Especial de Previdência Social da OAB/RS

Comissão de Previdência Complementar (CPC) da OAB/RJ

Comissão da Previdência Social (CPS) da OAB/RJ

Comissão de Direito Previdenciário da OAB/MT

Comissão de Direito Previdenciário da OAB/MS

Coordenadoria Nacional da Auditoria Cidadã

Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil - ANFIP

Fórum das Associações Representativas dos Policiais e dos Bombeiros Militares do Distrito Federal

Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais - ANAFE

Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado

Federação Nacional dos Servidores dos Órgãos Públicos Federais de Fiscalização, Investigação, Regulação e Controle - FENAFIRC

Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital - FENAFISCO

Instituto dos Advogados Previdenciários de São Paulo - IAPE

Confederação dos Servidores Públicos do Brasil CSPB

Coletivo Nacional de Advogados de Servidores Públicos - CNASP

Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário - IBDP

Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do DF

Sindicato Nacional dos Servidores do Ipea

Movimento dos Servidores Públicos Aposentados - MOSAP

Publica Central do Servidor

Federação de Trabalhadores Aposentados e Pensionistas do RS - Fetapergs

Fórum das Associações Representativas dos Policiais e dos Bombeiros Militares do Distrito Federal

Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal- SINPECPF

Instituto Brasiliense de Direito Previdenciário - Ibdprev

Sindicato Nacional dos Servidores Federais Autárquicos nos Entes de Formulação, Promoção e Fiscalização da Política da Moeda e do Crédito-Sinal

Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica - Sinasefe

Sindicato dos Médicos do Distrito Federal - Sindmedico-DF

Sindicado dos Trabalhadores da Fiocruz

Sindicato dos Engenheiros do Distrito Federal- Senge/DF

Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas

Federação Nacional dos Médicos

Fonte: OAB

Manifestação Contra a Reforma da Previdência 

Participe! 

Dia 08/02, em frente Agência Central do INSS (Mário Cinco Paus, 20, centro, Porto Alegre) às 16h30.

16425731 623381814533732 6457147562880773718 n

11º Baile: Melhores Momentos!

Assista ao vídeo dos melhores momentos e ouça a gravação dos programas de rádio Boca no Trombone e Esfera Pública

Clique na imagem abaixo para assistir o vídeo

11º Baile Fetapergs

 

 

Clique na imagem e ouça a gravação do Programa Boca no Trombone 

Sábados, das 7h30m às 9h30m na Rádio Bandeirantes FM 94,9 e AM 640

Boca no Trombone

 

Clique na imagem e assista ao Programa Boca no Trombone na TV

Domingos, das 8h30 às 9h na Band TV

Boca na TV

 

Clique na imagem e ouça a gravação do Programa Esfera Pública

(Em manutenção)

Ao vivo de segunda à sexta, das 13h às 14h30 na Rádio Guaíba FM 101.3 e AM 720

Esfera Pública 1

 

Leia Também

Luto: FETAPERGS lamenta falecimento de Cida Legnani, esposa de secretário-geral da COBAP

Luto: FETAPERGS lamenta falecimento…

28 Mai 2020 Notícias de 2020

Perguntas & Respostas - Coronavírus

Perguntas & Respostas - Coronav…

21 Mai 2020 Notícias de 2020

Como está a concessão dos benefícios do INSS durante a pandemia

Como está a concessão dos benefício…

15 Mai 2020 Notícias de 2020

FETAPERGS divulga novo calendário de funcionamento para o mês de maio

FETAPERGS divulga novo calendário d…

07 Mai 2020 Notícias de 2020

Ministério da Economia estuda privatizar Hospital de Clínicas e GHC

Ministério da Economia estuda priva…

01 Mai 2020 Notícias de 2020